Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Asteriscos e Parenteses

Queremos levá-lo a conhecer o Portugal dos pequenos recantos e paisagens esquecidas. Vá sempre em grupos reduzidos e acompanhado por quem conhece o terreno e os seus segredos.

Queremos levá-lo a conhecer o Portugal dos pequenos recantos e paisagens esquecidas. Vá sempre em grupos reduzidos e acompanhado por quem conhece o terreno e os seus segredos.

Festival Ocupai! realiza-se em junho nas margens do rio Vouga em S. Pedro do Sul

vouga.jpeg

 

 

A terceira edição do Ocupai! - Festival Ibérico de Arte e Ação vai realizar-se em junho no Lenteiro do Rio, à beira do rio Vouga, em São Pedro do Sul, considerado um local propício para estar em comunidade.

Organizado pelo município de S. Pedro do Sul e pela associação cultural Binaural/Nodar, o festival vai ocupar, nos dias 24 e 25, uma zona “onde as águas correm mais lentas, onde a vegetação é aprazível e diversa e onde noutros tempos os habitantes lavavam e punham a secar a roupa”.

“É com esse espírito de ‘refazer’ comunidade que o Ocupai! trará duas tardes de tempo sensível e lentamente fruível, como deve ser encarada a própria vida quotidiana”, justifica a organização.

O rio Vouga, as suas águas e as suas margens serão usados “de forma singular, propondo espetáculos que irão explorar todas as possibilidades criativas que transformem esse rio, mais do que num mero cenário, num espetáculo adicional feito de água, sons, imagens, cheiros, fluxo, memória e fantasia”, avança.

Um dos eixos programáticos da edição deste ano do Ocupai! é “aproximar de São Pedro do Sul as regiões de Espanha mais próximas, convocando artistas inovadores”.

Nesse âmbito, estará presente o coletivo La Xata La Rifa, das Astúrias, uma estreia em Portugal, que, durante os dois dias do festival, apresentará duas versões do espetáculo La Ola Flotante.

O espetáculo baseia-se “numa plataforma flutuante de madeira a montar no meio do rio e que convocará os restantes artistas do festival (locais e de fora) a interagir de forma orgânica e fluida com a mesma”, explica.

Igualmente das Astúrias, será mostrado em S. Pedro do Sul o projeto Eco Rem, do multi-instrumentista Pedro Acevedo.

Segundo a organização, o projeto integra “diversos instrumentos ancestrais de todo o mundo, criando composições intuitivas, orgânicas e com elementos de improvisação, mas onde a beleza despontará em cada instante, criando ligações perfeitas com a paisagem envolvente do rio”.

“Um enorme guitarrista e improvisador galego, Pablo Rega, cúmplice da Binaural/Nodar há mais de 15 anos, volta ao território de Lafões depois de uma longa ausência, na companhia de outros dois grandes músicos galegos Saúl Puga (contrabaixo) e L.A.R. Legido (bateria e objetos)”, refere.

Os músicos compõem o projeto F.I.L.O (Free Improvised Loud Objetive), que é “um vórtice energético entre o ‘free jazz’ e o rock experimental”, acrescenta.

Outro dos eixos programáticos do festival Ocupai! consiste em “colocar em ligação formas tradicionais musicais da região de Lafões com estéticas contemporâneas, propondo assim possibilidades de inovação do fantástico património imaterial da região”.

Um exemplo desta interação é o espetáculo E-NXADA, estreado em abril no Teatro Carlos Alberto (Porto), que “junta a exploração coreográfica e malabarista da companhia de circo contemporâneo Erva Daninha (Porto) à antropologia e exploração sonoras rurais da Binaural/Nodar”.

O espetáculo conta com uma participação final ao vivo dos cantares polifónicos de Lafões do Grupo de Cantares de Carvalhal de Vermilhas, de Vouzela, que fará depois uma atuação própria.

No Lenteiro do Rio estará também o Grupo de Cantares de Manhouce a apresentar “formas de expressão vocal originalmente feitas para serem cantadas na paisagem, durante os labores agrícolas”.

“Mais do que mais um concerto de Isabel Silvestre e do Grupo de Cantares de Manhouce, esta sua passagem pelo Ocupai! será uma inovadora ode ao canto e à paisagem, feita de matizes inesperados e onde a própria paisagem sonora do local constituirá uma importante parcela do espetáculo”, sublinha a organização.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub